Ação Antifascista de Londrina manifesta repúdio ao golpe de 1964

Publicado por

Com ação no Anfiteatro do Zerão, grupo busca chamar a atenção para ataques do atual governo à democracria

Da Redação

A Ação Antifascista (Afa) de Londrina realizou ontem um ato no Anfiteatro do Zerão em repúdio ao golpe de 1964 que instaurou a ditadura militar no Brasil. Na ação o grupo também reforçou preocupação com os rumos do país sob o governo de Jair Bolsonaro. Para eles, os limites democráticos já foram ultrapassados. O golpe completa 57 anos amanhã (31) e o governo Bolsonaro ganhou na justiça o direito de comemorar a data.

“Acreditamos que pela posição oficial das forças armadas um golpe de Estado como em 64 não será tão fácil quanto Bolsonaro esperava. Sabemos dos riscos, especialmente pelo comportamento das Polícias Militares. O que aconteceu na Bahia é um alerta para o país todo”, afirmam os participantes, que respondem como coletivo.

Segurando faixas com os dizeres “64 nunca mais” e “Bolsonaro genocida”, integrantes da Afa pretendem mobilizar a população apesar das dificuldades trazidas pela pandemia.

“Para além dos riscos de contaminação, muitos estão desenvolvendo doenças psicológicas por conta de tanto tempo em isolamento, sem socialização, bem como por conta do aumento do desemprego e da carestia de vida. Está muito difícil mobilizar nossas bases, mas sabemos que temos que reagir. Bolsonaro aposta nessa apatia geral para avançar com seus planos autoritários”, completam.

Deixe uma resposta