Como denunciar assédio na universidade

Publicado por

Saiba o caminho para registrar ocorrência de assédio sexual ou moral na Universidade Estadual de Londrina

Da Redação

Denúncias de assédio sexual ganharam os corredores do departamento de comunicação da Universidade Estadual de Londrina (UEL) na última semana diante da possibilidade de contratação de um professor aprovado no teste seletivo para o curso de jornalismo. O docente é alvo de denúncias de assédio por parte de alunas de alguns cursos, nenhuma delas, porém, formalizada. Por isso, destacamos aqui a importância da formalização para que haja devida apuração.

A Ouvidoria da Universidade Estadual de Londrina (UEL) é o órgão que recebe essas denúncias e informa que se pode formalizá-las direto na sede (ao lado na Livraria da UEL), ou pelo telefone, também WhatsApp, (43) 3371-4405.

Além disso, pede-se que sejam preenchidos os formulários disponíveis nos links: http://www.uel.br/ouvidoria/portal/formulario/formulario_banco.html e https://www.sigo.pr.gov.br/cidadao/432/atendimento?embed=true

A denúncia pode ser anônima, mas os denunciantes devem reunir o máximo de informações possível, como nome e sobrenome do denunciado, quando, onde e como ocorreu o fato. A redação da ocorrência deve ser de forma clara, precisa e completa e a Ouvidoria destaca que não devem ser apresentadas alegações falsas e/ou caluniosas.

Após o recebimento das denúncias, a ouvidoria realiza o encaminhamento da ocorrência, via ofício, com geração de um processo interno de averiguação e instrução junto ao setor, colegiado ou departamento, para manifestação dos envolvidos e posterior envio do mesmo para parecer da Procuradoria Jurídica e do Reitor.

Atualmente tramita na UEL apenas uma denúncia de assédio moral.

Deixe uma resposta