Número de novos casos de covid dispara em Londrina

Publicado por

Em duas semanas a média móvel diária cresceu 83%, de 138 para 253

Nelson Bortolin

Foto em destaque: Ivan Diaz/Unsplash

O número de novos casos de covid em Londrina voltou a crescer bastante. A média móvel diária de novos casos nesta segunda-feira (30) foi de 253, um valor 83% maior que o de 14 dias atrás (16 de agosto), quando era de 138. Já a média móvel diária de mortes, 3, está 43% acima da apresentada há duas semanas (2,1). Mas esteve pior no período de 20 a23 de agosto, quando ultrapassou a casa de 4 óbitos por dia.

A professora Marselle Nobre de Carvalho, chefe do Departamento de Saúde Coletiva da UEL, diz que uma das possibilidades que podem justificar o crescimento do número de casos é a disseminação da variante delta do vírus, cuja transmissão comunitária no Paraná teve início no final de julho. “Essa variante se caracteriza por maior transmissibilidade e não necessariamente mais mortes”, afirma.

Questionada se o avanço da vacinação vai evitar que a pandemia volte aos níveis mais elevados, como os de junho deste ano, ela responde: “Tudo indica que sim, mas é cedo pra afirmar. Mais de 80% da população adulta tomou a primeira dose, só que menos de 30% fez o ciclo vacinal completo (das vacinas de duas doses)”, declara.

Ela lembra que o ciclo completo das vacinas tem se mostrado eficaz no combate à variante delta. A professora coordena o Projeto Safety, que monitora as informações sobre o novo coronavírus.

A Rede Lume pediu uma avaliação da pandemia para a Secretaria Municipal de Saúde, mas não houve retorno.

O GRÁFICO ABAIXO SE REFERE À MÉDIA MÓVEL DE NOVOS CASOS

  • Soma dos novos casos dos sete últimos dias dividida por sete

O NÚMERO ABAIXO SE REFERE À MÉDIA MÓVEL DE MORTES

Deixe uma resposta