Dispara número de internações por covid

Publicado por

Somente em UTIs, segundo boletim da Prefeitura, número de internados por covid foi de 47 para 80 em dois dias

Nelson Bortolin

Foto: Mufid Majnun/Unsplash

Internações por covid em Londrina passaram de 143 pessoas para 183 da terça-feira (14) para a quarta-feira (15), segundo boletins divulgados pela Prefeitura. É a maior quantidade desde 19 de julho. Quando considerados somente pacientes em UTIs, o número saltou de 65 para 80, recorde desde 1 de agosto. O crescimento foi de 28% no primeiro caso e de 23%, no segundo.

A ocupação de leitos de UTI covid SUS aumentou 3 pontos porcentuais apenas, de 89% para 92%, de acordo com os boletins. A ocupação das enfermarias de covid do SUS subiu de 68% para 70%. A Prefeitura não explicou os números. E não dispõe de dados específicos da ocupação da rede privada.

De segunda-feira para terça-feira, os dados de internações já haviam apresentado saltos importantes, de 118 para 143 (geral) e de 47 pra 65 (UTIs).

Apesar do avanço da vacinação, as médias móveis de mortes e de novos casos apresentam tendência de aumento. O indicador é obtido pela soma do número de casos dos últimos sete dias dividida por sete.

A média de morte diária atual é de 5 e a de novos casos, de 258. A primeira já esteve abaixo de 3 no período de 27 a 29 de agosto e entre 10 e 17 de agosto. Já a média de novos casos tinha ficado abaixo de 200 durante todo o mês passado, sendo que, nos dez primeiros dias de agosto, ficou abaixo de 100.

Internações: tendência é de aumento de casos de covid

Em entrevista coletiva da qual a Lume não conseguiu participar na tarde desta quarta-feira, o secretário da Saúde, Felippe Machado, disse que há uma tendência de aumento de casos nos últimos dias. E que isso se deve ao comportamento dos londrinenses. “Estamos avançando em relação à vacinação, mas as pessoas entendem, de forma equivocada, que a pandemia acabou, o que não é verdade.”

Machado afirmou que os cidadãos poderão começar a “pensar na volta à vida normal” quando uma porcentagem entre 80% e 90% da população estiver vacinada, o que, segundo ele, deve ocorrer até o fim do ano.

A Rede Lume questionou o secretário e sua assessoria sobre os números apresentados neste texto, mas não obteve retorno.

Na coletiva desta quarta-feira, a Prefeitura anunciou a expansão da campanha de vacinação em Londrina, que agora vai chegar às pessoas com 18 anos ou mais. Clique aqui e leia mais.

INTERNAÇÕES

NOVOS CASOS

MORTES

Um comentário

Deixe uma resposta