Mesmo com rejeição ao Conselho, militantes veem movimento LGBT fortalecido

Publicado por

Ativistas avaliam que conseguiram pautar questões importantes junto à sociedade londrinense

Cecília França

Após a lamentável votação na Câmara de Vereadores contra a criação do Conselho Municipal dos Direitos LGBT em Londrina, militantes avaliam que o movimento sai mais forte após a intensa campanha em defesa do projeto. Para a Lume, eles dizem que a oportunidade de dialogar com a sociedade fortaleceu e uniu a população LGBT, com todas as suas nuances e especificidades.

Ouça o que disseram Vinícius Bueno, articulador do Fórum LGBT; Victor Reale, ativista LGBTI+; Christiane Lemes, militante histórica, fundadora do Coletivo Elity Trans e Rede Ubuntu, e Oliver Letícia Fernandes, secretário da Frente Trans de Londrina.

Um comentário

Deixe uma resposta