Ação Antifascista promove ato em repúdio à ditadura

Publicado por

Grupo relaciona atual momento da história com período da repressão militar e chama para concentração neste 31 de março

Da Redação

A Ação Antifascista de Londrina promove nesta quinta-feira (31) um ato em memória e em repúdio ao período da ditadura militar no Brasil. A concentração será a partir das 18h em frente à Biblioteca Municipal. Em suas redes, a Afa Londrina associa o atual momento do País ao passado de repressão.

“Há 58 anos atrás, passávamos por um dos períodos mais sombrios da história brasileira: O golpe que impôs uma ditadura-empresarial-militar, de 1964 a 1985 no país, gerando o extermínio dos poucos direitos políticos e sociais existentes para a classe trabalhadora. (…) Hoje, 58 anos depois, após outro golpe contra nossa frágil democracia, realizado em 2016, temos um regime autoritário, de ideologia fascista sob o comando de Bolsonaro, Guedes e Mourão.”

Os antifascistas se posicionam contra “o fascismo, o capital e o estado”.

“Todas as instituições ‘democráticas’ vendidas aos empresários e banqueiros, são responsáveis pelo genocídio legalizado em curso no país. Retornamos às ruas para manifestar nosso repúdio a todos os horrores que aconteceram na ditadura empresarial-militar, que se reproduzem atualmente através do projeto político-econômico do governo de Bolsonaro.”, pontuam.

O dia 31 de março marcou o golpe militar que instituiu a ditadura no Brasil por 21 anos (1964-1985).

Assista ao vídeo de convocação para o ato.

Deixe uma resposta