UEL sedia marcha antirracista e pela diversidade

Publicado por

Ato é reação a inscrições racistas deixadas em banheiro da universidade

Da Redação

A comunidade universitária da Universidade Estadual de Londrina (UEL) promove, nesta quinta-feira (12), uma marcha antirracista e pela diversidade, com início às 10h. O ato é uma reação às inscrições racistas e de apologia ao fascismo/nazismo encontradas em um banheiro do departamento de Geociências da universidade na semana passada.

A marcha saíra do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA), passando pelo Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA), Centro de Ciências Humanas (CCH) e Centro de Ciências Exatas (CCE), finalizando no Restaurante Universitário, onde acontecerão apresentações culturais indígenas e afro-brasileiras.

As frases escritas no banheiro também atacavam a política de cotas e a existência das pessoas negras integrando a comunidade universitária. O caso provocou reação de diversos estudantes, docentes, servidores e servidoras, individualmente, e de coletivos, projetos, grupos de pesquisa, departamentos e instituições ligadas à universidade numa mobilização antirracista e pela diversidade.

Racismo é crime no Brasil, de acordo com a Lei n. 7.716 de 05 de janeiro de 1989. O texto determina que devem ser punidos “os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. A marcha, segundo os organizadores, é uma expressão do repúdio da comunidade universitária ao racismo e ao preconceito; à apologia ao fascismo e ao nazismo, além de denunciar mais uma vez esse crime.

Deixe uma resposta