Roda de conversa discute violência contra a mulher no Feirão da Resistência

Publicado por

Feirão de julho acontece neste sábado com programação cultural extensa

Da Redação

Acontece neste sábado (9) mais uma edição do Feirão da Resistência e da Reforma Agrária, a partir daa 9 horas, no Canto do MARL, na Rua Duque de Caxias, 3.241.

Uma roda de conversa sobre violência contra a mulher, a partir das 13h30, vai contar com a presença da editora da Rede Lume, Cecília França, representante do Neias Observatório de Feminicídios de Londrina, e Amanda Gaion, da Rede Feminista de Saúde, com mediação de Luli Rodrigues, do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina (MARL).

“Debater a violência contra as mulheres deve ser uma rotina, porque a violência, infelizmente, é. E acontece em todos os lugares. Dados do Anuário da Segurança Pública 2021 mostram que, embora os casos de feminicídio tenham diminuído nacionalmente, as demais violências cresceram. Temos que expor e cobrar políticas públicas efetivas para a proteção de todas”, declara Cecília.

“Acredito que é importante que o tema seja abordado em todos os espaços, e num evento com o Feirão, que tem um viés político, é essencial que olhemos com frequência para questões que envolvem as minorias políticas. Esperamos que seja uma roda de conversa produtiva e acolhedora para as participantes e que dela saiam ideias para melhorar nossa segurança e conforto dentro do Feirão e no nosso dia a dia”, diz a produtora cultural Mari Hara, uma das organizadoras do Feirão.

Organizado pelo MARL, Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná (Sindijor-Norte), o feirão contará com uma programação cultural, além do comércio de produtos agroecológicos, artesanais e comida afro. Tudo isso das 9h às 17h.

Pela manhã, acontece uma roda de conversa sobre envelhecimento, organizada pelo Projeto CEPE. Também pela manhã, às 10h30, Edna Aguiar apresenta o espetáculo de contação de histórias “Preta do Leite”, para todas as idades.

O show “Malabareartes com Maricota e Yara Calle” começa às 11h15, às 12h, o jornalista e escritor Luiz Taques lança seu romance “Dolores” e às 12h30 acontece a apresentação do Palhaço Diborró.

À tarde, é a vez do projeto “Tricô De Dedo”, voltado para as crianças.

A Feirão terá encerramento musical com a Banda Doce Veneno.

Deixe uma resposta