Cadeirante pede ajuda para tratamento médico

Publicado por

O servidor aposentado da UEL Kleber de Cássio Ferreira Arantes é paraplégico há mais de 30 anos e precisa de curativos a vácuo, que custam cerca de R$ 2,5 mil cada

Da Redação

Formado em educação física e servidor aposentado da UEL, Kleber de Cássio Ferreira Arantes, 57 anos, está precisando de ajuda para seu tratamento. Paraplégico há mais de 30 anos, devido a um acidente automobilístico, o cadeirante está em tratamento com curativos a vácuo, que não têm cobertura pelo SUS.

Arantes passou por uma cirurgia em maio deste ano para tratar de osteomielite causada por uma úlcera de pressão (escara) que comprometeu parte de seu quadril e do fêmur da perna direita. Cada curativo custa cerca de R$ 2.500.

Ele realizou o décimo curativo na semana passada e ainda não sabe exatamente quantos ainda serão necessários.

O paciente enviou à Rede Lume uma Nota Fiscal da primeira etapa do tratamento que começou a pagar. Só essa conta já chegou a R$ 12.370.

A estimativa é de que a próxima fatura venha com um valor acima de R$ 29 mil.

Arantes afirma que suas reservas financeiras estão se esgotando e pede ajuda para conseguir finalizar o tratamento. Clique aqui para ajudá-lo.

Leia também:

Quando o amor não coloca limites

Deixe uma resposta