Diversidade? Onde?

Vi essa semana na TV uma propaganda de turismo que dava uma amostra da ‘diversidade’ do Brasil. A peça publicitária tinha como cenário uma praia e jovens sorridentes em uma ‘pluralidade’ de corpos altos, magros, sorrisos perfeitamente alinhados e um dégradé de raças que ia do branco ao pardo, passando por um oriental e nenhum negro de pele retinta ou indígena, claro.